GUARÂNIA

Guarânia produz linguiça de carne bovina, uma tradição pantaneira há tempos. E o diferencial de seu produto está no modo sustentável em que ele é produzido (boi criado em pasto, menor uso de componentes químicos na conservação da linguiça, entre outros aspectos). No entanto, o comportamento da marca, tanto do ponto de vista de discurso quanto gráfico, não refletia os princípios da marca. Nesse cenário, a Laika desenvolveu uma reestruturação na estratégia de marca.

Primeiramente,  repensamos a arquitetura de marca. Criamos uma segunda marca, Churras, para oferecer uma linha de produtos com outra abordagem diferente de Guarânia. Em seguida, para Guarânia, estruturamos um tag line que converge com a essência da marca: “a linguiça com alma pantaneira”, tornando tangível os conceitos inerentes à marca. No passo seguinte, criamos um conceito lúdico, incorporando elementos culturais do Pantanal. Assim, as embalagens traziam uma narrativa clássica de perseguição de desenhos animados, no caso, a perseguição do jacaré ao boi. Esse modelo narrativo foi expandido para toda a comunicação.

Por fim, fizemos os ajustes de design gráfico propriamente dito, construindo um projeto de linguagem próprio e em sinergia com os conceitos elaborados, como proporção de logotipo, uso de família tipográfica, paleta de cores, desenho de embalagens.